Automation Suite
2022.4
falso
B) Migração de um tenant - Automation Suite 2022.4
Imagem de fundo do banner
Logotipo
Guia de instalação do Automation Suite
Última atualização 12 de fev de 2024

B) Migração de um único tenant

Dica:

Essa é uma das duas maneiras de migrar seu Orchestrator independente para o Automation Suite.

Para obter mais informações, consulte Opções de migração.

A ferramenta pode migrar para o Automation Cloud ou Automation Suite, mas esta página descreve o processo de migração para o Automation Suite. Para obter instruções sobre como migrar para a Automation Cloud, consulte a documentação da Automation Cloud.

Você pode usar a Ferramenta de Migração da UiPath Automation Cloud™ para migrar automaticamente entidades do seu Orchestrator independente para o serviço do Orchestrator no Automation Suite.

Observação:

Você só pode usar a Ferramenta de Migração do Automation Cloud se:

  • sua versão do Orchestrator independente é a 2019.10.x, 2020.10.x, 2021.4.x, 2021.10.x ou posterior.
  • sua versão do Automation Suite é a 2021.10.x ou posterior.

Entidades sendo migradas

Quando você executa a Ferramenta de Migração do Automation Cloud, ela cria automaticamente as seguintes entidades no Automation Suite para corresponder à sua configuração do Orchestrator independente:

Entidade

Migrado

Não migrado

Configurações

Sim, com exceções (veja à direita).

Algumas configurações que ficam expostas ao tenant no caminho de leitura não podem ser modificadas no Automation Suite, como o logotipo e a cor do host.

As senhas na tabela Configurações não podem ser exportadas porque a API remove os valores da resposta. Como resultado, nenhuma senha será migrada. Isso afeta alertas de e-mail (senha SMTP) e feeds externos com autenticação básica.

Pacotes

Migra todos os pacotes e suas versões.

Se um feed de pacotes for externo e configurado com a autenticação básica, as credenciais terão que ser inseridas após a conclusão da migração.

Se um feed de pacotes for externo e não for acessível pela Internet, as entidades que dependem desses pacotes não são migradas.

Bibliotecas

Apenas os feeds de nível de tenant.

Se um feed de biblioteca estiver ao nível do host ou for externo e não estiver acessível pela Internet, as entidades que dependem dessas bibliotecas não são migradas.

Calendários

Sim

N/A

Máquinas

Sim, mas se não houver licenças suficientes para acomodar as atribuições de slots da máquina, a máquina será importada com todos os slots definidos como 0.

As chaves de máquina não são migradas.

Pastas

Sim

As pastas de espaços de trabalho pessoais não são migradas.

Ambientes

Sim, para pastas clássicas.

Não se aplica à pastas modernas.

Robôs (classico)

Sim, mas se não houver licenças suficientes para acomodar a criação do robô, o robô é ignorado durante a importação.

Ignorado quando as licenças acabam e um erro é registrado para cada um.

Robôs (moderno)

Os robôs modernos são migrados se o usuário com o qual estão associados existir no Automation Suite e tiver o mesmo endereço de e-mail.

  • Se o usuário não existir no Automation Suite, a migração desse robô específico falhará.
  • Ignorado quando as licenças acabam e um erro é registrado para cada um.

Associações de ambientes

O mapeamento do ambiente de robô é migrado.

N/A

Processos

Os processos são migrados. A ferramenta pode se referir a esses como Versões.

N/A

Filas

Sim

N/A

Gatilhos

Os gatilhos são migrados, mas são todos definidos como desabilitados.

 

Ativos

  • Os ativos do tipo Boolean, Text e Integer são totalmente compatíveis.
  • Os ativos de credenciais também são migrados, mas uma senha temporária é usada porque as senhas não podem ser migradas pela ferramenta. Você precisará atualizar manualmente as senhas para cada ativo de credencial após a migração. Os ativos de credencial são atribuídos ao repositório padrão de credenciais no Automation Suite.
  • Os valores por robô também são migrados, mas se o robô não tiver sido migrado, esse valor é pulado e um alerta de importação será registrado.

Os valores de ativos por usuário nas pastas modernas não são compatíveis. O ativo é importado com o valor padrão ou ignorado se nenhum estiver definido.

Associações de máquina

Os mapeamentos de robô-máquina são migrados.

N/A

Entidades não migradas

As seguintes entidades não são migradas pela ferramenta:

  • Feed de pastas
  • Usuários
  • Itens de Fila
  • Catálogos de Ações
  • Webhooks
  • Entidades de teste (conjuntos de testes, casos de testes, execuções de testes, horários de testes, filas de dados de testes)
  • Logs

Pré-requisitos

Antes de abrir a ferramenta, faça as seguintes preparações:

  1. Certifique-se de ter licenças de robô suficientes no Automation Suite para corresponder ao número de robôs sendo migrados (Administrador > Licenças > Robôs e serviços). A ferramenta só migra robôs enquanto houver licenças disponíveis e, quando acabam, ela começa a pular robôs.
  2. Você deve ter credenciais de administrador para a versão independente do Orchestrator e permissões de Exibir para todas as entidades sendo migradas. Se você não tiver a permissão de Exibir para algumas entidades, essas entidades não serão migradas.
  3. Você deve ser um administrador da organização no Automation Suite.
  4. Para executar a ferramenta, você precisa de uma máquina que:
    1. pode se conectar ao Orchestrator independente e ao Automation Suite (tem acesso à internet)
    2. b. tem o sistema operacional Windows
    3. tem o .NET Core Desktop Runtime para x64 instalado.
  5. Baixe a ferramenta na máquina mencionada acima a partir deste link.
  6. Registre a ferramenta como um aplicativo externo na organização do Automation Suite de destino.

Registrando a ferramenta como um aplicativo externo

A ferramenta de migração precisa se conectar à API de serviço do Orchestrator no Automation Suite para criar as entidades migradas. Ela usa o fluxo do OAuth para isso e, portanto, deve ser registrada no Automation Suite como um aplicativo externo.

  1. Siga estas instruções para adicionar a ferramenta como um novo aplicativo externo com as seguintes especificações:
    • Tipo: não confidencial
    • Recursos: API do Orchestrator
    • Escopos de usuários: OR.Folders, OR.Settings, OR.Robots, OR.Machines, OR.Execution, OR.Assets, OR.Users, OR.Jobs, e OR.Queues.
    • URL de redirecionamento: http://127.0.0.1:8888/auth/
  2. Salve o ID do aplicativo para uso posterior.

Executando a ferramenta

A ferramenta pode migrar um tenant de cada vez. Você pode executar a ferramenta várias vezes para cada um de seus tenants.

Com cada execução, a ferramenta:

  1. Conecta-se ao seu Orchestrator independente para exportar entidades para o tenant escolhido.

  2. Conecta-se ao Automation Suite para importar e criar as entidades migradas no tenant do Orchestrator.

Para obter mais informações sobre entidades sujeitas a migração, consulte Entidades sendo migradas.

Para executar a ferramenta:

  1. Extraia o arquivo ZIP que você baixou para a ferramenta e execute o EXE da ferramenta.
  2. Para o método de ativação, escolha Conectar à versão On-Premises:


  3. Preencha as informações para permitir que a ferramenta se conecte ao seu Orchestrator independente:


    Certifique-se de que as credenciais que você fornece sejam de uma conta de administrador que também tenha permissões para Exibir em todas as entidades que você deseja migrar.
  4. Clique em Iniciar exportação para se conectar ao seu Orchestrator independente e baixar as informações de configuração. A exportação se inicia e pode levar um tempo para ser concluída:


    Quando concluído, o resumo de exportação lista todas as entidades que foram exportadas com sucesso:

    Você pode clicar em Abrir arquivo para exibir o arquivo local criado para o resumo de exportação, que inclui alguns detalhes adicionais.
  5. Clique em Início para voltar para a primeira tela.
  6. Para o método de ativação, dessa vez escolha Conectar ao Automation Suite.
  7. Preencha as informações para permitir que a ferramenta se conecte ao Automation Suite para carregar as informações de configuração:


    Campo

    Detalhes

    URL do Automation Suite

    O URL em que o Automation Suite é hospedado, incluindo o protocolo e o final com uma barra (/).
    Você pode recuperar esse URL da barra de endereço do seu navegador enquanto estiver no Automation Suite, mas não inclua a parte do URL que começa com o nome da organização. Por exemplo, se o URL em seu navegador for https://mySite.com/docs/Migration/orchestrator_/?tid=34&fid=82, com docs sendo o nome da organização, você deve especificar apenas https://mySite.com/ nesse campo.

    ID do Aplicativo do Cliente

    O valor do ID do aplicativo associado ao registro do aplicativo externo no Automation Suite.

    Você pode encontrar esse valor na página Administrador > Aplicativos externos.

    Organization Name

    A parte específica da organização do seu URL do Automation Suite. Os administradores da organização podem encontrar essa informação no campo Nome da organização em Administrador > Configurações da organização.

    Você não precisa incluir o URL completo, apenas a parte editável, que é específica para sua organização. Por exemplo, se a URL for https://mySite.com/myOrgName, adicione myOrgName ao campo.

    Nome do Tenant

    O nome exato do tenant do Automation Suite no qual você deseja adicionar as informações migradas. Os dados migrados ficarão visíveis no tenant do Orchestrator especificado.

  8. Clique em Iniciar importação para se conectar ao Automation Suite e começar a migrar as informações para o tenant do Orchestrator de destino.
    A importação começa e pode levar um tempo para ser concluída:


    Para se conectar ao Automation Suite usando o OAuth, um usuário com as permissões adequadas para os escopos adicionados quando você registrou o aplicativo externo deve fazer login no Automation Suite. Quando isso acontece, uma nova janela se abre com uma mensagem de sucesso se o fluxo do OAuth tiver sido bem-sucedido:


    Quando concluído, o resumo de importação lista todas as entidades que foram importadas com sucesso para o tenant do Orchestrator no Automation Suite:


    Tudo que não tenha sido importado aparece como um erro e as importações parciais são listadas como alertas. Você pode clicar em Exibir relatório para obter mais detalhes sobre quais entidades encontraram um erro ou um alerta.
  9. Quando estiver pronto, clique em Concluído para fechar a ferramenta.
    Nota:Se necessário, você pode executar a ferramenta novamente para migrar dados para tenants adicionais.

Tarefas de pós-migração

Como a ferramenta não pode migrar tudo, existem algumas tarefas finais que devem ser executadas manualmente para que você obtenha a mesma configuração que tinha em seu Orchestrator independente.

  1. No Automation Suite, faça login na organização do tenant que era o destino de importação e abra o Orchestrator.
  2. Verifique se as pastas e entidades foram migradas com sucesso.

    Você pode usar o resumo de importação para verificar os itens específicos marcados com alertas ou erros.

  3. Alocar licenças de robô e de serviço para o Orchestrator.

    Durante a importação, máquinas são criadas e licenciadas enquanto houver licenças disponíveis. Após as licenças acabarem, as máquinas continuam sendo criadas sem licenças, portanto, você deve atualizá-las para alocar o número adequado de licenças.

    Observação: se você migrou sem ativar sua licença do Automation Suite, nesta fase, você precisa ativá-la para continuar com a configuração.
  4. Carregue manualmente qualquer feed de biblioteca que a ferramenta não tenha migrado.
  5. Se algum robô foi pulado durante a exportação ou importação, crie-o manualmente.
  6. Crie quaisquer webhooks, catálogos de tarefas, armazenamento de credenciais ou outras informações que a ferramenta não migra.

    A seção Entidades sendo migradas inclui uma lista do que a ferramenta não migra.

  7. Conecte os robôs manualmente ao serviço do Orchestrator do Automation Suite.
  8. Habilite manualmente os gatilhos conforme necessário.

    Enquanto a ferramenta migra os gatilhos, eles são todos desabilitados e você deve habilitá-los manualmente.

  9. Verifique qualquer local no Orchestrator onde uma senha seja necessária e adicione-a: Robôs, Configurações e Ativos de credenciais.

Ajuda

Se precisar de assistência com um problema encontrado durante a exportação, importação ou após a importação, abra um ticket de suporte e inclua os seguintes arquivos:

  • Registrar o arquivo (na subpasta de logs)
  • Exportar arquivo de relatório (na subpasta MigrationAssets)
  • Importar arquivo de relatório (na subpasta MigrationAssets)

Além desses arquivos, seria útil saber:

  • A versão do seu Orchestrator independente
  • Os nomes de sua organização e tenant do Automation Suite.
Ícone de suporte e serviços
Obtenha a ajuda que você precisa
Ícone do UiPath Academy
Aprendendo RPA - Cursos de automação
Ícone do Fórum do UiPath
Fórum da comunidade da Uipath
Logotipo branco da Uipath
Confiança e segurança
© 2005-2024 UiPath. All rights reserved.