Integration Service
latest
false
Guia do usuário do Integration Service
Automation CloudAutomation Cloud Public Sector
Last updated 19 de jul de 2024

Gatilhos

Os gatilhos fornecem um mecanismo uniforme para assinar eventos a partir das plataformas de Conector. Isso dá a você a flexibilidade de iniciar automaticamente automações ou processos no Orchestrator.

Pré-requisitos

Antes de poder configurar Gatilhos, certifique-se de que as seguintes condições sejam atendidas:

  • O Integration Service é habilitado e provisionado para seu tenant.
  • A guia Gatilhos é exibida na janela Integrações.
  • Você já configurou um Robô não assistido ou Non-production na sua instância do Orchestrator.
  • Você está usando pastas modernas (os processos dentro de pastas clássicas não ficam visíveis ao definir gatilhos).

    Observação:

    Os gatilhos são compatíveis apenas com pastas modernas. As pastas clássicas não são compatíveis com o paradigma de identidade do usuário moderno e, portanto, não podem ser compatíveis com conexões em geral ou gatilhos.

Criar seu processo

Crie seu processo no UiPath® Studio como de costume. Usando o Integration Service, qualquer automação pode ser disparada para qualquer processo.

Para receber os detalhes de um registro, você também pode seguir as indicações abaixo:

  • Se quiser saber o conector, evento, tipo de registro ou registro real que disparou o processo em seu fluxo de trabalho, defina os seguintes argumentos de entrada do tipo String em seu processo.

    O Integration Service os preencherá automaticamente quando iniciar o trabalho.

    • Conector de Eventos do UiPath
    • EventoDoUiPath
    • Tipo de Objeto de Evento do UiPath
    • ID de Objeto do Evento do UiPath
      Observação: saiba mais sobre como os Argumentos funcionam e como gerenciá-los aqui.
  • Para recuperar e trabalhar com um registro que tenha um gatilho em uma execução de trabalho, use o argumento de entrada UiPathEventObjectId para recuperar o registro do sistema de origem.

Aqui está um exemplo de como os valores do argumento de entrada são passados pelo Integration Service.



Como publicar seu processo

Publique seu processo no Orchestrator como você faria normalmente. É possível publicá-lo em uma pasta compartilhada ou um espaço de trabalho pessoal. Certifique-se de criar um processo fora do seu pacote.

Configuração do seu disparador

Para adicionar um Gatilho, você terá que:

  1. Acesse o Automation CloudTM.
  2. No menu do lado esquerdo, clique em Integration Service. A janela Integration Service inclui três guias separadas: Conectores, Conexões e Gatilhos.
  3. Acesse a guia Gatilhos e clique no botão Adicionar gatilho .
  4. Selecione o Conector e a Conexão desejados em seus respectivos menus suspensos. Se houver apenas uma conexão configurada para esse conector específico, ela será selecionada automaticamente.
  5. Selecione o Evento e Registro desejados em seus respectivos menus suspensos.

    Observação: os tipos de eventos podem variar de acordo com o conector.
  6. À direita, selecione o Processo a ser executado.
  7. Selecione a Licença de runtime (o runtime usado para executar os trabalhos que são iniciados pelo gatilho) no menu suspenso. Opções disponíveis: NonProduction, Não Assistidos, Headless, TestAutomation, AutomationCloud, Serverless, Desenvolvimento.

  8. Clique no botão Adicionar gatilho para criar seu gatilho e ativá-lo.

Alternativamente, você pode criar um novo gatilho a partir da aba Conexões. Para fazer isso:

  1. Clique no botão Mais Ações de uma conexão.
  2. Selecione a opção Adicionar gatilho .
  3. Selecione o Evento e o Tipo de Registro desejados em seus respectivos menus suspensos. Nesse caso, o Conector e a Conexão já estão selecionados e não podem ser alterados.
  4. À direita, selecione o Processo a executar e a respectiva Licença de runtime.
  5. Clique no botão Adicionar gatilho para criar seu gatilho e ativá-lo.

    Observação:

    O monitoramento de eventos está atualmente definido para pesquisar a cada 5 minutos. Dessa forma, pode levar até 5 minutos antes que o processo associado seja iniciado.

    Você pode ver os detalhes de um trabalho na guia Trabalhos na sua pasta do Orchestrator. Um trabalho iniciado no Integration Service mostrará sua origem como Integration Trigger.

Events

Os conectores suportam eventos por meio de um mecanismo de Pesquisa. Isso é compatível com a maior parte do catálogo de conectores.

O Integration Service oferece suporte aos dois tipos de eventos a seguir:

  1. Genéricos, que representam as operações típicas de Criar, Atualizar e Excluir. Ao selecionar um evento genérico, você também deve definir o registro de evento a ser monitorado. Por exemplo, Novo registro criado para o registro de calendário .



  2. Predefinidos, que representam ações específicas em objetos específicos. Por exemplo, um evento de calendário é criado.



Mais informações sobre eventos estão disponíveis na página de cada conector.

Filtros de dados

Ao definir um evento para seu disparador, você pode adicionar uma filtragem mais específica.

Com Filtros de dados, você pode configurar gatilhos que correspondam a padrões de dados específicos. Isso significa menos acionamentos do seu robô e não precisar aplicar filtros adicionais na sua automação.

Intervalo de Pesquisa

Quando você cria uma nova conexão e configura um gatilho de evento nessa conexão, o intervalo de pesquisa é definido por padrão como 5 minutos.

Você pode personalizar esse intervalo usando a funcionalidade Intervalo de pesquisa ajustável , que permite escolher o intervalo no qual os gatilhos de evento verificam novos eventos de objetos.

Importante: você pode ter apenas um intervalo de pesquisa por conexão, mesmo que possa ter vários gatilhos configurados por conexão. A alteração do intervalo de pesquisa afeta todos os gatilhos associados em uma conexão.

A sondagem é executada na conexão no intervalo selecionado. Após os dados serem recuperados, todos os gatilhos ativos para essa conexão são aplicados ao conjunto de dados. Se uma pesquisa estiver em execução quando você alterar o intervalo, o serviço aguardará a pesquisa existente terminar e, então, iniciará outra.

Alteração do intervalo de pesquisa

Você pode alterar seu intervalo de pesquisa na página Automation Cloud – Integration Service , seja a partir de uma página de conector específico ou a partir da guia Conexões .

  1. No Automation CloudTM, acesse o Integration Service.
  2. Acesse a página Conectores e selecione um conector.
  3. Na página do conector, selecione uma conexão para abrir a página Detalhes da conexão .
  4. Clique no intervalo encontrado sob o nome da conexão, da seguinte maneira. O intervalo de pesquisa é exibido apenas para conexões com gatilhos adicionados.

Como alternativa, você pode configurar seu intervalo de pesquisa na guia Conexões :

  1. No Automation CloudTM, acesse o Integration Service.
  2. Vá para a guia Conexões .
  3. Selecione uma conexão específica para abrir a página Detalhes da conexão .
  4. Clique no intervalo encontrado sob o nome da conexão.
  5. A janela Atualizar intervalo de pesquisa é exibida.
  6. Você pode escolher uma das opções disponíveis ou configurar um Intervalo personalizado em minutos ou horas. O intervalo de pesquisa deve ser de mais de 1 minuto e não mais de 24 horas ou 1440 minutos.



    A seguinte mensagem de erro adverte você se inserir um valor incorreto: O intervalo de pesquisa deve ser um número natural de 1 a 1440 minutos ou 24 horas.

  7. Clique em Atualizar intervalo.

Histórico de execução do gatilho

É possível ver o histórico de execução de um disparador, basta clicar nele, na aba Disparadores . Na nova página, o histórico de Tentativas é exibido na parte inferior da interface.

Esse histórico mostra eventos que foram recebidos pelo Integration Service e se o processo foi iniciado com sucesso, nesse caso mostra a palavra Sucesso na coluna Estado .

Observação: o estado Bem- sucedido apenas indica que o trabalho foi iniciado com sucesso. Ele não reflete se o trabalho foi executado com sucesso até o fim ou não.
Importante: caso um trabalho falhe ao iniciar, seu Estado aparecerá como Com falha. Passe o cursor do mouse sobre o estado Com falha para exibir a mensagem de erro.

Para verificar se um trabalho foi executado com sucesso, clique no botão Exibir logs de trabalho . Ele redirecionará você para o Orchestrator, onde todas as informações necessárias sobre a execução do trabalho serão exibidas.

Exclusão de um gatilho

Acesse a guia Gatilhos na janela Integration Service . Clique no botão Mais Ações correspondente ao seu gatilho e selecione Excluir.

Exibição de detalhes do gatilho

Basta clicar em um disparador para visualizar seus detalhes.

Ativar/desativar um gatilho

Para ativar ou desativar um gatilho, primeiro é necessário clicar nele para ver os detalhes. Em seguida, clique no botão localizado no lado superior esquerdo da janela.

Desabilitando automaticamente um gatilho após a falha

Um gatilho é desabilitado e definido como estado de erro se você não conseguir iniciar o trabalho após 11 tentativas (~34 horas) para um único evento ou se o trabalho não iniciar nos últimos 100 eventos.

As 10 tentativas para cada evento são feitas com uma estratégia de back-off exponencial. Cada tentativa de nova tentativa subsequente ocorre após um atraso duas vezes maior que a tentativa anterior.

Renomeando um disparador

Siga as etapas abaixo para renomear um gatilho:

  1. Acesse a guia Disparadores .
  2. Passe o cursor do mouse sobre o nome do disparador que deseja modificar e agora você deverá ver o botão Editar exibido.

    Observação: como alternativa, você pode selecionar seu disparador da lista para acessar a exibição detalhada. O botão Editar está localizado no lado direito do nome do gatilho.
  3. Clique no botão Editar e poderá escolher um novo nome para seu disparador.

Esta página foi útil?

Obtenha a ajuda que você precisa
Aprendendo RPA - Cursos de automação
Fórum da comunidade da Uipath
Uipath Logo White
Confiança e segurança
© 2005-2024 UiPath. Todos os direitos reservados.