Studio
2023.4
falso
Imagem de fundo do banner
Guia do usuário do Studio
Última atualização 3 de abr de 2024

A interface do usuário

O UiPath Studio possui vários painéis para facilitar o acesso a funcionalidades específicas. Tais painéis podem ser anexados, funcionar como janelas flutuantes, além da opção Ocultar automaticamente, que também pode ser habilitada a partir da lista suspensa.

Visão geral



Não.

Name

Description

1

Acesse as três principais áreas do Studio:

  • Início - Acesse a Visualização Backstage do Studio, onde você pode abrir e criar projetos, configurar o Studio e muito mais.
  • Design - Construa automações usando as ferramentas disponíveis na Paleta de Comandoe nos painéisdo Studio.
  • Depurar : utilize um conjunto abrangente de ferramentas para depurar os fluxos de trabalho. Para obter mais informações, consulte Sobre a depuração.

2

3

Crie sua automação por meio do gerenciamento de atividades adicionadas ao arquivo de fluxo de trabalho atual.

4

Usando as barras de pesquisa disponíveis, pesquise dentro do seu projeto:

5

Gerencie as variáveis.

6

Gerencie os argumentos.

7

Gerencie os namespaces importados.

8

Visualize o conteudo do projeto atual, gerencie arquivos, pastas e dependências, ajustando as configurações do projeto.

9

Visualize todas as atividades e adicione atividades à automação.

10

Use os fluxos de trabalho previamente criados e adicione suas próprias automações reutilizáveis.

11

Visualize e configure as propriedades de uma atividade selecionada.

12

Gerencie os dados em seu projeto.

13

Visualize a hierarquia do fluxo de trabalho atual e todos os nós disponíveis.

14

Crie e reutilize as taxonomias da interface de usuário dentro e entre os projetos.

15

Veja informações relacionadas à automação de testes.

16

Visualize o resultado das atividades de Mensagem de Registro em Log e de WriteLine, informações de status sobre a execução do projeto, erros gerados por pacotes de atividades e muito mais.

17

Visualize todos os locais onde haja um elemento referenciado no projeto.

18

Vizualize todos os erros gerados ao executar o Analisador de Fluxo de Trabalho.

19

Gerencie os pontos de interrupção adicionados ao projeto.

20

Visualize as informações de status e gerencia a conexão com o Orchestrator e a integração do controle de origem.

A Faixa de Opções

Guias da Faixa de Opções

A faixa de opções é objetiva, podendo ser minimizada ou expandida, clicando-se no botão Minimizar/Expandir. Ela consiste nas três guias a seguir:

  • Início - Crie e abra projetos, configure o Studio ou acesse informações de ajuda e de licença na Exibição Backstage do Studio.
  • Design - Adicione sequências, fluxogramas e máquinas de estado para o seu projeto. Instale e gerencie os pacotes de atividades, crie interações com elementos de interface de usuário, exporte fluxos de trabalho para o Excel e depois publique seu trabalho no Orchestrator ou em feeds personalizados. Lembre-se que os assistentes e a ferramenta UI Explorer não ficam visíveis na Faixa de opções, a menos que você instale o pacote UiPath.UIAutomation.Activities.


  • Depuração - faça a depuração do seu fluxo de trabalho usando ferramentas para tal, assim como para definir pontos de interrupção, monitorar a execução das atividades passo a passo e ajustar a velocidade de depuração. Abra registros para ver detalhes sobre a execução e qualquer alteração feita no projeto. Para mais informações sobre a depuração, verifique a página sobre depuração .



    Observação: os arquivos que não são criados durante a execução do projeto de automação ficam como somente leitura ao serem publicados no Orchestrator. Se seu processo de negócios exige que, em algum momento, você escreva em um arquivo, assegure-se de criá-lo durante o design do projeto.

A Barra de Título

Enviar Feedback

Há dois tipos de feedback que você pode enviar diretamente do Studio: Enviar uma ideia para o produto ou Relatar um bug. As duas opções podem ser acessadas pela faixa de opções, clicando-se no ícone .

O recurso Enviar Feedback deve ser usado apenas para o envio de feedback anônimo para a equipe de produto. Para entrar em contato com nossa equipe de suporte técnicol, utilize o formulário Fale com o Suporte Técnico.



Forneça as informações a seguir e, depois, clique em Enviar:

  • No menu suspenso Quero, escolha entre Enviar uma ideia para o produto ou Relatar um bug.
  • No menu suspenso Para, escolha entre UiPath Activities, UiPath Studio, UiPath Robot, UiPath Orchestrator ou UiPath Assistant.
  • No menu suspenso Qual a importância disso para você, escolha entre Legal ter, Importante ou Fundamental.
  • No campo Assunto, adicione um título curto.
  • Adicione uma descrição detalhada, anexando até 6 arquivos de imagens, vídeos ou texto, cada qual com menos de 10 MB. O limite para enviar feedback é de três posts em um período de cinco minutos.

Ajuda

Clique no ícone Ajuda para acessar rapidamente os recursos que também estão disponíveis na guia Ajuda na Visualização Backstage, conforme ilustrado abaixo:



Tela de início

Ao abrir o Studio pela primeira vez, esta é a visão que você tem. Também é possível chegar até aqui, clicando em Início, no canto superior esquerdo da janela. Aqui, é possível criar e abrir projetos, configurar o Studio ou acessar informações de ajuda e de licença.



Os botões e guias a seguir são disponibilizados nesta exibição:

  • Abrir: navegar para um projeto local de automação e abri-lo. Por padrão, os projetos são criados em C:\Users\<current_user>\Documents\UiPath.

    Observação: projetos localizados em pastas de rede onde seu usuário possui apenas permissões de leitura não podem ser abertos no Studio. Recomendamos o uso de sistemas de controle de origem para colaborar nos projetos.
  • Fechar - Fecha o projeto de automação que está atualmente aberto.
  • Iniciar — cria um novo projeto de automação ou abre projetos recentemente acessados. Você pode criar um novo projeto com base em modelos predefinidos ou abrir um projeto no qual tenha trabalhado recentemente. Os projetos podem ser fixados ou removidos da lista Abrir recente, que exibe a descrição, estrutura de destino, idioma usado para expressões e origem do projeto (local, Studio Web ou repositório GIT/SVN/TFS) para cada projeto. Passar o mouse sobre uma entrada na lista Abrir Recentes exibe o caminho para o arquivo project.json e quando o projeto foi aberto pela última vez.
  • Modelos - Crie um novo projeto a partir de um modelo. Nesta guia, é possível ver todos os modelos de projeto disponíveis. Procure e filtre-os por origem. Para mais informações, acesse Modelos de Projeto.
  • Equipe: gerenciar a integração do código-fonte para o projeto de automação.
  • Ferramentas - Acesse ferramentas que aprimoram sua experiência com o Studio.

  • Configurações - Mude a aparência e o estilo do Studio, defina preferências globais e gerencie as fontes dos pacotes de atividades. Para mais informações, consulte Ajustando Configurações do Studio.
  • Ajuda - Direciona você para a documentação do produto, notas de versão, recursos online, o Fórum Community e a RPA Academy.

    Aqui você tem acesso ao tutorial rápido que o ajudará a aprender os fundamentos básicos da criação, publicação e execução de uma automação.

    Observação: para garantir que o tutorial seja concluído com sucesso, recomendamos que você pause o tutorial antes de fazer qualquer alteração no fluxo de trabalho fora daqueles em destaque nos passos do tutorial.

    Informações sobre versão e instalação do produto, disponibilidade de licença e ID do dispositivo também podem ser encontradas na guia Ajuda, juntamente com um botão Copiar informações para copiar rapidamente os detalhes para a área de transferência.



A Paleta de Comandos

Para abrir a Paleta de Comandos, utilize os atalhos do teclado Ctrl + Shift + P, F3 ou clique no botão de pesquisa. Ela inclui as barras de pesquisa Adicionar atividade, Pesquisa Universal, Acessar o arquivo e Ir para a atividade.



Observação: o Studio suporta a priorização de atividades por escopo. Clique no ícone docs image dentro de um escopo de atividade e observe que a Paleta de Comandos faz sugestões de atividades adequadas ao escopo atual. O suporte para essa funcionalidade está sendo lançado em fases nos pacotes oficiais de atividades. Verifique as notas de versão periodicamente.

Adicionar atividade

A barra de pesquisa Adicionar atividade pode ser aberta com o atalho do teclado Ctrl + Shift + T. Você pode pesquisar atividades disponíveis em pacotes instalados e instaláveis e adicioná-las após a atividade selecionada no arquivo. A barra atribui automaticamente os atalhos do teclado aos cinco primeiros resultados e lembra você sobre seus resultados anteriores.



Clique no ícone , na parte superior ou inferior de uma atividade de uma sequência para abrir a barra de pesquisa Adicionar atividade.

Se a opção Habilitar sugestões de atividades por IA nas configurações de design do Studio estiver selecionada, um serviço de IA da UiPath analisará o local no fluxo de trabalho no qual você abriu a barra de pesquisa Adicionar atividade e sugerirá atividades que você possa querer adicionar com base no contexto atual. Se não houver contexto (por exemplo, você pressionar Ctrl + Shift + T sem que nenhuma atividade esteja selecionada no painel Designer), não são fornecidas sugestões de atividades.

Se a opção Mostrar atividades disponíveis para instalar nas configurações de design do Studio estiver selecionada, você pode pesquisar atividades que não estejam incluídas em seus pacotes instalados. A busca por atividades instaláveis está disponível apenas para pacotes dos feeds Oficial e Tenant do Orchestrator. A adição de uma atividade instalável instala também seu pacote de atividades correspondente.

A Pesquisa Universal

A barra Pesquisa Universal permite encontrar argumentos, atividades, variáveis, argumentos, importações, dependências do projeto e arquivos no projeto atual. As pesquisas retornam resultados de todos os arquivos de fluxo de trabalho, incluindo arquivos que estiverem fechados.



Opção

Atalho

Description

Arquivo Atual

Ctrl + 1

Lista os resultados do arquivo aberto no momento que corresponda à consulta de pesquisa.

Todos os arquivos

Ctrl + 2

Lista os resultados encontrados todas as partes dos arquivos do projeto atual que correspondam à consulta de pesquisa.

Atividades

Ctrl + 3

Lista os resultados das atividades que correspondam à consulta de pesquisa.

Variáveis

Ctrl + 4

Encontra as variáveis, no projeto atual, que correspondam à consulta de pesquisa.

Argumentos

Ctrl + 5

Encontra os argumentos definidos no projeto que correspondam à consulta de pesquisa.

Importações

Ctrl + 6

Encontra os namespaces importados no projeto que correspondam à consulta de pesquisa.

Arquivos do Projeto

Ctrl + 7

Encontra a parte dos arquivos do projeto atual que corresponde à consulta de pesquisa.

Dependências

Ctrl + 8

Lista os resultados encontrados em dependências instaladas no projeto.

Fragmentos

Ctrl + 9

Encontra os arquivos do fragmento que correspondem à consulta de pesquisa.

Os resultados da pesquisa persistirão até a próxima vez que você abrir a barra de pesquisa se você usar a Pesquisa Universal ou a opção Adicionar atividade. Quanto às opções Acessar o arquivo e Ir para a atividade , a consulta de pesquisa anterior não persistirá.

Clique duas vezes sobre uma atividade ou pressione Enter para adicioná-la ao arquivo aberto no momento. Com os mesmos comandos você consegue abrir os arquivos sob as categorias Todos os Arquivos ou Arquivos do Projeto ou se concentrar no resultado de pesquisa desejado.

Os valores padrão dos argumentos de um processo dentro da atividade Invocar Fluxo de Trabalho não podem ser pesquisadas com a Pesquisa Universal.

Acessar Arquivo

A barra Acessar arquivo pesquisa e abre os arquivos que integram a pasta do projeto atual.Os arquivos .xaml são abertos no painel do Designer no Studio, ao passo que os demais arquivos como capturas de tela ou arquivos do Excel são abertos com seus respectivos aplicativos padrão em sua máquina. Para abrir um arquivo, clique duas vezes sobre ele ou pressione a tecla Enter.


Observação: as Atividades, os painéis de Projeto e a Paleta de comando suporta pesquisa difusa, o que significa que a lista de resultados é retornada mesmo se os termos da pesquisa não corresponderem com exatidão. Os termos da pesquisa podem estar ligeiramente incompletos, com erros de ortografia ou incluir somente a primeira letra de cada palavra. Por exemplo, se você digitar dci na barra de Atividades, ela retornará a atividade Clicar duas vezes na imagem.

Pular para atividade

A barra de pesquisa Ir para atividade, que faz parte da Paleta de Comandos, ajuda a encontrar e se concentrar nas atividades específicas de fluxos de trabalho grandes. Ela pode ser acessada através do atalho de teclado Ctrl + J ou dos atalhos para abrir, F3 ou Ctrl + Shift + P e selecionando a opção Ir para atividade.

Uma vez aberta, a barra Ir para atividade exibe a lista de todas as atividades no .xaml arquivo em foco no painel Designer panel.

Digite o nome de exibição ou o namespace de uma atividade como, por exemplo, Atribuir. Utilize as setas do teclado para selecionar a atividade, pressionando Enter para colocá-la em foco no painel Designer.

As atividades na barra Ir para atividade estão organizadas da seguinte maneira: contêiner, atividades parent e child.



Os Painéis

O Painel do Designer

O painel Designer exibe seu projeto de automação atual, permite que você faça alterações nele e fornece acesso rápido a variáveis, argumentos e importações.

É possível navegar em um diagrama clicando duas vezes na atividade que você deseja ver. O caminho é exibido como trilhas de navegação no cabeçalho do painel Designer. Observe que, ao usar várias exibições dimensionadas de maneiras diferentes, o texto no campo de entrada, que é parte de algumas atividades, podem ser exibidas incorretamente.

As atividades podem ser copiadas com o atalho Ctrl + C ou o menu de contexto para um editor de texto, podendo ser editadas e então copiadas de volta para o painel Designer. É possível desfazer ou refazer uma ação realizada no painel com os botões na faixa de opções do Studio ou pressionando Ctrl + Z / Ctrl + Y.



Se uma atividade tiver erros de validação, um ícone de erro é exibido no lado direito da barra de título da atividade no painel Designer e um ícone de aviso é exibido para todas as suas atividades pai. Clicar nos ícones abre o Painel de propriedades para a atividade afetada pelo problema, e a mensagem de erro é exibida na parte superior do Painel de propriedades.

Ative o Modo Panorâmico clicando no ícone e pressionando a barra de Espaço ou pressionando o botão do meio do mouse. Use o menu suspenso de zoom para alterar o nível e clique no ícone para voltar a 100%.

O ícone Ajustar à Tela altera o zoom de modo que o fluxo de trabalho inteiro caiba no painel Designer. Clique no ícone para obter uma visão geral do projeto e navegar pelas seções ao ajustar o foco.



O Menu de Contexto



O menu de contexto permite a realização de várias operações em seu fluxo de trabalho, seja uma sequência ou um fluxograma. É possível exibí-lo ao clicar com o botão direito do mouse em ume atividade dentro de um fluxo de trabalho.

Observação: se você selecionar mais atividades, o menu não será exibido.
Descrições de Campos do Menu Contexto

Opção

Description

Visualizar Pai

Exibe o pai da atividade de destino no painel Designer.

Observação: esta opção é exibida apenas para atividades child caso elas forem abertas no painel Designer.

Abrir

Abre a atividade selecionada no painel Designer. Produz o mesmo efeito que um duplo clique.

Recolher

Recolhe a atividade, reduzindo, assim, os detalhes exibidos em "Clique duas vezes para exibir". É possível atingir o mesmo resultado clicando no botão Recolher.

Observação: exibido apenas para sequências.

Expandir no Local

Amplia o conteúdo da atividade, exibindo seu conteúdo em detalhes. É possível fazer o mesmo clicando no botão Expandir.

Observação: exibido apenas para sequências.

Recortar

Remove a atividade selecionada e a coloca na Área de transferência.

Copiar

Copia a atividade selecionada e a coloca na Área de Transferência. As atividades de arquivos somente leitura podem ser copiadas para um outro fluxo de trabalho ou um arquivo .txt. Ao copiar várias atividades para a área de transferência, a ordem delas será revertida.

:warning: Copiar uma atividade para um projeto com uma compatibilidade diferente (por exemplo, de Windows - Legado para multiplataforma) pode fazer com que a execução do fluxo de trabalho de destino falhe.

Colar

Insere o conteúdo da Área de Transferência no local atual.

Excluir

Exclui a atividade-alvo.

Observação: como o menu Contexto é exibido apenas para uma seleção de uma atividade, é possível usar esse comando para mais atividades com o atalho de teclado correspondente, Excluir.

Anotações

Adicionar, editar, excluir, mostrar e ocultar anotações adicionadas às atividades no fluxo de trabalho.

Copiar como Imagem

Faz uma captura de tela do conteúdo exibido no painel Designer.

Observação: se quiser fazer uma captura de tela de uma atividade herdada, primeiro certifique-se de abrí-la no painel Designer.

Salvar como Imagem

Faz uma captura de tela do conteúdo exibido no painel Designer, solicitando que o usuário defina os detalhes para salvá-lo (Nome, Tipo e Destino). Formatos de arquivo compatíveis: JPG, PNG, GIF e XPS.

Criar variável

Cria uma variável no painel Variável.

Auto-organizar

Organiza as atividades automaticamente em um fluxograma.

Remover Sequência Delimitadora

Remove a atividade de Sequência selecionada do painel Designer. As atividades contidas ali são movidas para a sequência parent.

Delimitar com o Try Catch (Ctrl + T)

Insere a atividade na instrução Try Catch.

Observação: uma instrução Try Catch é usada para lidar com as exceções provocadas por erros de dados ou de codificação. A cláusula Try inclui a atividade a ser verificada quanto a exceções. A cláusula Catches é o identificador de exceções. A cláusula Finalmente é usada para executar uma atividade, independentemente do status das duas primeiras cláusulas.

Extrair como Fluxo de Trabalho

Cria um fluxo de trabalho que contém a atividade direcionada, com a finalidade de desmembrar um projeto grande em projetos menores. No local da atividade extraída, será criada uma atividade de fluxo de trabalho Invoke <new>, a qual permite que você edite e importe argumentos do fluxo de trabalho recém-criado. Os argumentos são criados automaticamente a partir das variáveis usadas naquela atividade. A atividade de fluxo de trabalho Invoke <new> mapeia automaticamente as variáveis locais para invocar os argumentos para o fluxo de trabalho extraído. Observe que isso se aplica apenas às variáveis que você cria. Argumentos não são criados a partir de variáveis criadas implicitamente por atividades pai como For Each.

Abrir Fluxo de Trabalho

Abre um fluxo de trabalho criado com a opção acima.

Habilitar Atividade

Habilita uma atividade desabilitada anteriormente.

Desabilitar Atividade

Desabilita uma atividade que, em seguida, é colocada dentre de uma atividade Comentar.

Ativar/Desativar Ponto de Interrupção

Marca a atividade selecionada como ponto de interrupção para depuração. Também é possível alternar os pontos de interrupção, clicando-se sobre o botão Ponto de interrupção, na guia Executar. É possível disparar um ponto de interrupção em relação a uma atividade de cada vez.

Editar Configurações do Ponto de Interrupção

Abre a janela Configurações do Ponto de Interrupção.

Executar até esta Atividade

Depura o projeto e interrompe, antes de executar essa atividade específica.

Executar a partir desta Atividade

Inicia a depuração dessa atividade.

Mostrar Todas as Condições

Exibe todas as condições definidas no seu projeto (painel Propriedades > Condições).

Observação: esta opção é exibida apenas para fluxogramas quando você clica com o botão direito do mouse em um espaço vazio dentro do projeto. Porém, ela não é exibida se você clicar com o botão direito do mouse em uma atividade no seu fluxograma.

Ocultar todas as condições

Oculta todas as condições exibidas.

Observação: esta opção é exibida apenas para fluxogramas quando você clica com o botão direito do mouse em um espaço vazio dentro do projeto. Porém, ela não é exibida se você clicar com o botão direito do mouse em uma atividade no seu fluxograma.

Definir como Nó Iniciar

Conecta a atividade selecionada com o nó Iniciar.

Observação: exibido apenas em relação a fluxogramas.

Definir como Estado Inicial

Conecta a atividade específica da Máquina do Estado ao nó Iniciar.

Observação: exibido apenas em relação a máquinas de estado.

O menu de contexto também é exibido em relação às guias no painel Designer. As seguintes opções estão disponíveis:

Opção

Description

Fechar

Fecha a guia ativa.

Fechar Outros

Fecha todas as guias, exceto a guia ativa.

Fechar Todos os Documentos

Fecha todas as guias.

Flutuar

Desencaixa a guia de destino, alterando-a para um estado flutuante.

Fixar Guia

Fixa a guia de destino no painel Designer.

Observação: a guia fixada por último será sempre movida antes de todas as demais guias existentes (fixadas ou não). A posição de uma guia fixada somente pode ser alterada em relação às demais guias fixadas.

Novo Grupo de Guias Horizontais

Divide a tela horizontalmente, o que possibilita que você veja duas ou mais instâncias do painel Designer na mesma tela. O projeto de destino é movido para o painel à direita.

Observação: exibido apenas quando seu projeto tiver duas ou mais guias e, implicitamente, fluxos de trabalho.

Novo Grupo de Guias Verticais

Divide a tela verticalmente, permitindo que você veja duas ou mais instâncias do painel Designer na mesma tela. O projeto de destino é movido para o painel na parte inferior.

Observação: exibido apenas quando seu projeto tiver duas ou mais guias e, implicitamente, fluxos de trabalho.

Mover para o Grupo de Guias Anterior

Move a guia de destino para o painel Designer exibido anteriormente.

Observação: exibido apenas se antes você tiver usado as opções Novo Grupo de Guias Verticais ou Novo Grupo de Guias Horizontais.

Mover para o Próximo Grupo de Guias

Move a guia de destino para o próximo painel Designer exibido.

Observação: exibido apenas se antes você tiver usado as opções Novo Grupo de Guias Verticais ou Novo Grupo de Guias Horizontais.

O painel Projeto

O painel do projeto permite que você os arquivos, dependências e defina as configurações do projeto. Para obter mais informações, consulte Gerenciamento de projetos.

Painel do Data Manager

O painel do Data Manager habilita você a gerenciar dados como variáveis, argumentos, constantes, entidades, recursos do Orchestrator, conexões e espaços de nomes a partir de um local centralizado. Para obter mais informações, consulte Uso do Data Manager.

O Painel de Atividades



O painel Atividades mostra atividades disponíveis que podem ser adicionadas ao fluxo de trabalho atual. Em projetos multiplataforma, você pode visualizar as atividades instaladas e instaláveis; já no Windows e no Windows - Legado, apenas as atividades instaladas estão visíveis. Instalado refere-se a pacotes de atividades que já fazem parte de um projeto, enquanto instalável refere-se a pacotes disponíveis para instalação a partir dos feeds Oficial e do Tenant do Orchestrator. É possível pesquisar atividades por nome e, opcionalmente, pela descrição, usando a caixa de pesquisa na parte superior do painel, navegar por elas usando chaves de navegação e pressionar Enter para adicionar a atividade selecionada ao arquivo aberto atualmente.

Observação: a caixa de pesquisa pode ser usada para encontrar atividades pelo nome de sua classe, independentemente do idioma definido no Studio.

Passar o mouse sobre uma atividade no painel exibe o pacote ao qual ela pertence e sua descrição. Para adicionar uma atividade à lista de favoritos, clique com o botão direito do mouse e selecione Adicionar aos favoritos.

Em projetos multiplataforma, você pode adicionar um pacote instalável ao seu projeto clicando com o botão direito do mouse no seu nome e selecionando Instalar. Para adicionar uma atividade instalável individual ao seu projeto, clique duas vezes ou arraste-a para o painel Designer. Adicionar uma atividade instalável instala seu pacote de atividades correspondente no projeto.

Clique com o botão direito do mouse em uma atividade no painel e selecione Criar Banco de Testes para testar uma ou mais atividades antes de adicioná-las a um projeto. Leia mais sobre isso aqui.

Personalização do Painel de Atividades

Clique no botão Pesquisar por descrição na parte superior do painel para pesquisar por palavras-chave nas descrições das atividades.

Clique no botão Agrupar por para agrupar as atividades disponíveis pela categoria a que elas pertencem ou pelo pacote ao qual elas pertencem. Você também pode desmarcar as duas opções para visualizar uma lista não agrupada de atividades organizadas em ordem alfabética.

Clique no botão Filtrar por para filtrar atividades com base nas opções abaixo.

Para projetos multiplataforma
  • Filtrar por disponibilidade:
    • Instalado - Exibe as atividades que fazem parte dos pacotes instalados em seu projeto (este filtro não pode ser desativado)
    • Instalável - Mostrar atividades que fazem parte de pacotes desinstalados que você adicionar ao seu projeto
  • Filtrar por tipo:
    • Atividades - Exibe atividades
    • Gatilhos - Exibe gatilhos
Para projetos Windows e Windows - Legado:
  • Filtrar por tipo:
    • Atividades - Exibe atividades
    • Gatilhos - Exibe gatilhos
  • Filtrar por categoria:
    • Clássico - Mostrar atividades clássicas em projetos usando a experiência moderna

O Painel Fragmentos



O painel Fragmentos permite a fácil reutilização das automações. Por padrão, ele inclui várias amostras e fragmentos.

É possível adicionar o seu próprio clicando no botão Adicionar pasta e selecionando um diretório do seu disco rígido. As pastas vazias não são exibidas.

Para remover uma pasta, clique nela com o botão direito do mouse nela e selecione Remover.

O Painel de Propriedades



O painel Propriedades é contextual e permite vizualizar e alterar as propriedades de uma atividade selecionada. Ao selecionar duas atividades no mesmo fluxo de trabalho, as propriedades comuns poderão ser modificadas no painel Propriedades.

Em projetos com compatibilidade multiplataforma, todas as propriedades das atividades estão disponíveis no cartão das atividades no painel do Designer se a configuração de design Mostrar propriedades da atividade embutidas estiver habilitada. Isso também se aplica a algumas atividades em projetos que usam a compatibilidade do Windows.

O Editor Expressão

O Editor Expressão pode ser acessado com o atalho de teclado Ctrl + Shift + E quando usado dentro dos campos de entrada de atividade. Ele também fica disponível no painel Propriedades, a partir dos campos que exigem a inserção de texto e do corpo de uma atividade, adicionando texto diretamente nos campos necessários.



O editor de expressão inclui recursos inteligentes para completar código. As expressões podem ser gravadas em linhas de múltiplos. Os Atalhos de teclado estão disponíveis para criar variáveis e argumentos diretamente nas expressões.

Dentro do editor, use a combinação das teclas Ctrl + F para abrir a pesquisa e substituir recursos. Selecione parte de uma expressão e pressione Ctrl + F3 para adicionar texto ao campo de pesquisa. Mantendo a tecla Ctrl pressionada, torne o painel de pesquisa semitransparente para visualizar o texto por trás dele.

Ao fechar o editor, sua posição na tela, tamanho de janela e nível de zoom do texto são salvos e aplicados na próxima vez que você o abrir.

O Painel de Estrutura de Tópicos



O painel Estrutura de Tópicos exibe a hierarquia do projeto e todos os nós disponíveis. Neste painel é possível destacar atividades, selecionando-as no painel Designer ou acessando uma atividade específica, selecionando-a no painel Estrutura de Tópicos.

O Painel de Saída



O painel de Saída permite exibir a saída das atividades de Mensagem de Registro de Log ou de Escrever Linha, entre outras coisas. Neste painel também são exibidas as exceções dos pacotes.

No painel Saída, é possível exibir ou ocultar as mensagens que tenham diferentes níveis de log (erros, avisos), ao se clicar nos botões do cabeçalho do painel. Clicar duas vezes em uma mensagem exibe outros detalhes sobre ela, com a opção de copiar as informações.

Ao pesquisar por um log no painel Saída e selecionar um item da lista dos resultados da pesquisa, o log será realçado.

O botão Exportar Logs é usado para exportar logs para um arquivo .txt. Ele exporta carimbos de data e hora, bem como detalhes de mensagens de erro. Os logs de exportação filtrados estão disponíveis. Por exemplo, caso queira exportar somente os logs em nível de rastreamento, filtre a lista e depois use o botão Exportar Logs.

Na depuração, o painel Saída mostra registros do início e do fim da execução da atividade. Essa função pode ser habilitada na opção Log Activities, na guia Depurar.

O painel da Lista de erros mostra os erros encontrados no arquivo ou projeto durante o processo de validação, além dos erros gerados pelas regras do Analisador de Fluxo de Trabalho.

O botão Limpar tudo apaga todas as informações exibidas no painel de Saída. Quando um fluxo de trabalho é executado, os logs e outros dados armazenados nesse painel são apagados. O painel Saída exibe até 2.000 linhas de cada vez.

O painel Saída não é destinado para o monitoramento da produção, e deve ser usado apenas ao desenvolver automações. Os eventos podem não ser exibidos como esperado se, por exemplo, um grande número de atividades Log Message forem usadas. Para monitorar as execuções em produção, use os logs do Orchestrator.

O Painel Encontrar Referências

O painel Encontrar Referências exibe os resultados das referências que você pesquisar em seu projeto. Para encontrar todos os locais no projeto em que um elemento tiver sido referenciado, clique com o botão direito do mouse e selecione Encontrar Referências. Isso funciona nas seguintes situações:

  • Arquivos no painel Projeto
  • Atividades no painel Atividades
  • Variáveis nos painéis Variáveis e Data Manager
  • Argumentos nos painéis Argumentos e Data Manager
  • Descritores no painel Repositório de Objetos



Painéis de depuração

Os seguintes painéis estão disponíveis para ajudar você a depurar seus projetos: Pontos de interrupção, Chamar pilha, Locais, Acompanhar e Imediato.

A Barra de Status

Na barra de status, é possível visualizar informações de status e as opções de acesso ao Orchestrator e ao controle do código fonte:

  • Conexão do Orchestrator/Cloud - Clique em docs image para acessar opções do Orchestrator: faça login na sua conta da nuvem, desconecte-se do Orchestrator (se conectado a uma chave da máquina) e atualize os recursos.
  • Status do Orchestrator - Exibe o status de conexão do Orchestrator. Quando conectado ao Orchestrator, a pasta atualmente selecionada é exibida. É possível clicar no nome da pasta atual para ver uma lista de pastas disponíveis e selecionar outra a partir da qual sincronizar recursos.
  • Controle de Origem - Caso o projeto esteja conectado a um repositório de controle de origem, diferentes opções estarão disponíveis para ajudar você a gerenciar a integração do controle de origem. Para obter mais informações, consulte a seção Sobre Controle de versões.
  • Projeto na nuvem - Para projetos multiplataforma que usam a linguagem VB, há um menu disponível com opções relacionadas à edição do projeto no Studio Web. Se um projeto ainda não estiver sincronizado com o Studio Web, o rótulo Compatível com a nuvem será exibido. Se o projeto já estiver sincronizado com o Studio Web, o rótulo Projeto na nuvem será exibido. Para obter mais informações, consulte Criação de projetos multiplataforma.
  • Linguagem do projeto — exibe a linguagem usada para expressões no projeto, VB ou C#.
  • Compatibilidade do projeto - Exibe a compatibilidade do projeto, Windows - Legado, Windows ou Multiplataforma.



Was this page helpful?

Obtenha a ajuda que você precisa
Aprendendo RPA - Cursos de automação
Fórum da comunidade da Uipath
Logotipo branco da Uipath
Confiança e segurança
© 2005-2024 UiPath. All rights reserved.