Action Center
2023.4
falso
Start Job And Get Reference - Standalone 2023.4
Imagem de fundo do banner
Logotipo
Action Center
Última atualização 4 de out de 2023

Start Job And Get Reference

UiPath.Persistence.Activities.Job.StartJobAndGetReference

Description

Invoca um Trabalho no Orchestrator com argumentos e busca o objeto de trabalho correspondente para aguardar a conclusão do trabalho a qualquer momento durante a execução do fluxo de trabalho. Se o fluxo de trabalho usar essa atividade para invocar outro fluxo de trabalho, o robô deverá estar conectado ao Orchestrator e a função Robot também precisará ter Exibir em Processos e ambientes e Exibir, Editar e Criar em Trabalhos. A atividade é executada sob o Robô que a executa.

Compatibilidade do projeto

Windows - Legada | Windows | Multiplataforma

Windows, Windows - configuração herdada

Painel do Designer
  • ProcessName (obrigatório) - O nome de exibição do processo que você deseja usar para o trabalho conforme aparece no Orchestrator (pode ser encontrado no campo Configurações adicionais das configurações do processo. Por exemplo, se o nome do pacote for InvoiceScan e você nomeou o processo Invoice Scanner, a string neste campo deve ser Invoice Scanner). Este campo suporta strings e variáveis String apenas.
  • Argumentos da tarefa - os argumentos que você deseja usar ao chamar uma tarefa no Orchestrator. A modificação dos argumentos Out e In/Out os mapeia de volta ao fluxo de trabalho após a conclusão da tarefa. Este campo suporta apenas objetos Dictionary<String,Argument> .
  • Objeto de trabalho (Saída) - O objeto de trabalho que é retornado do Orchestrator como um objeto JobData após a criação da tarefa. Este objeto pode ser passado para a atividade Wait for Job and Resume para suspender a execução do fluxo de trabalho até que o trabalho seja concluído.
Painel de Propriedades

Comum

  • ContinuarComErro — especifica se a automação deve continuar mesmo quando a atividade gera um erro. Este campo só aceita valores booleanos (True, False). O valor padrão é False. Como resultado, se o campo estiver em branco e um erro for lançado, a execução do projeto será interrompida. Se o valor for definido como True, a execução do projeto prosseguirá mesmo com erros.
Observação: se essa atividade estiver incluída na atividade Try Catch e o valor da propriedade ContinuarComErro for True, nenhum erro será capturado quando o projeto for executado.
  • NomeDeExibição - o nome de exibição da atividade.
  • TempoLimiteEmMs - Especifica o período de tempo (em milissegundos) para aguardar que a atividade seja executada antes de gerar um erro. O valor padrão é de 30.000 milissegundos (30 segundos).

Entrada

  • Caminho da pasta do Orchestrator — o caminho para uma pasta do Orchestrator diferente daquela em que o processo atual opera, onde você deseja iniciar o trabalho. Para ler mais sobre Pastas do Orchestrator, acesse aqui. Para pastas clássicas , essa propriedade pode ser usada apenas com Robôs Flutuantes e somente se o usuário atual tiver os privilégios de tarefa corretos na pasta de destino. Para pastas modernas , a substituição do caminho da pasta não é suportada. Este campo é compatível apenas com strings e variáveis String .
Observação: a propriedade Orchestrator Folder Path deve ser usada apenas se o trabalho precisar ser iniciado ou consultado de uma pasta diferente da atual. Se o usuário executando essa ação não tiver as permissões necessárias para a pasta de destino, o trabalho falhará e gerará um erro crítico. Veja mais informações sobre Permissões de pastas aqui.
  • Argumentos da tarefa - os argumentos que você deseja usar ao chamar uma tarefa no Orchestrator. A modificação dos argumentos Out e In/Out os mapeia de volta ao fluxo de trabalho após a conclusão da tarefa. Este campo suporta apenas objetos Dictionary<String,Argument> .
  • ProcessName (obrigatório) - O nome de exibição do processo que você deseja usar para o trabalho conforme aparece no Orchestrator (pode ser encontrado no campo Configurações adicionais das configurações do processo. Por exemplo, se o nome do pacote for InvoiceScan e você nomeou o processo Invoice Scanner, a string neste campo deve ser Invoice Scanner). Este campo suporta strings e variáveis String apenas.

Diversos

  • Privado - Se selecionado, os valores de variáveis e argumentos não são mais registrados no nível Verbose.

Saída

  • Objeto de trabalho (Saída) - O objeto de trabalho que é retornado do Orchestrator como um objeto JobData após a criação da tarefa. Este objeto pode ser passado para a atividade Wait for Job and Resume para suspender a execução do fluxo de trabalho até que o trabalho seja concluído.

Configuração multiplataforma

  • ProcessName (obrigatório) - O nome de exibição do processo que você deseja usar para o trabalho conforme aparece no Orchestrator (pode ser encontrado no campo Configurações adicionais das configurações do processo. Por exemplo, se o nome do pacote for InvoiceScan e você nomeou o processo Invoice Scanner, a string neste campo deve ser Invoice Scanner). Este campo suporta strings e variáveis String apenas.
  • Argumentos da tarefa - os argumentos que você deseja usar ao chamar uma tarefa no Orchestrator. A modificação dos argumentos Out e In/Out os mapeia de volta ao fluxo de trabalho após a conclusão da tarefa. Este campo suporta apenas objetos Dictionary<String,Argument> .
  • Objeto de trabalho (Saída) - O objeto de trabalho que é retornado do Orchestrator como um objeto JobData após a criação da tarefa. Este objeto pode ser passado para a atividade Wait for Job and Resume para suspender a execução do fluxo de trabalho até que o trabalho seja concluído.
Opções avançadas

Comum

  • ContinuarComErro — especifica se a automação deve continuar mesmo quando a atividade gera um erro. Este campo só aceita valores booleanos (True, False). O valor padrão é False. Como resultado, se o campo estiver em branco e um erro for lançado, a execução do projeto será interrompida. Se o valor for definido como True, a execução do projeto prosseguirá mesmo com erros.
Observação: se essa atividade estiver incluída na atividade Try Catch e o valor da propriedade ContinuarComErro for True, nenhum erro será capturado quando o projeto for executado.
  • NomeDeExibição - o nome de exibição da atividade.
  • TempoLimiteEmMs - Especifica o período de tempo (em milissegundos) para aguardar que a atividade seja executada antes de gerar um erro. O valor padrão é de 30.000 milissegundos (30 segundos).

Entrada

  • Caminho da pasta do Orchestrator — o caminho para uma pasta do Orchestrator diferente daquela em que o processo atual opera, onde você deseja iniciar o trabalho. Para ler mais sobre Pastas do Orchestrator, acesse aqui. Para pastas clássicas , essa propriedade pode ser usada apenas com Robôs Flutuantes e somente se o usuário atual tiver os privilégios de tarefa corretos na pasta de destino. Para pastas modernas , a substituição do caminho da pasta não é suportada. Este campo é compatível apenas com strings e variáveis String .
Observação: a propriedade Orchestrator Folder Path deve ser usada apenas se o trabalho precisar ser iniciado ou consultado de uma pasta diferente da atual. Se o usuário executando essa ação não tiver as permissões necessárias para a pasta de destino, o trabalho falhará e gerará um erro crítico. Veja mais informações sobre Permissões de pastas aqui.
Ícone de suporte e serviços
Obtenha a ajuda que você precisa
Ícone do UiPath Academy
Aprendendo RPA - Cursos de automação
Ícone do Fórum do UiPath
Fórum da comunidade da Uipath
Logotipo branco da Uipath
Confiança e segurança
© 2005-2024 UiPath. All rights reserved.