Studio
2024.4
falso
Fluxo de trabalho codificado - Versão independente 2024.4
Imagem de fundo do banner
Logotipo
Guia do usuário do Studio - Visualização
Última atualização 22 de fev de 2024

Fluxo de Trabalho Codificado

Os fluxos de trabalho codificados são iguais aos fluxos de trabalho de pouco código, a única diferença é que você os cria usando interfaces separadas:
  • Os fluxos de trabalho têm uma interface de design visual.
  • Os fluxos de trabalho codificados têm uma interface baseada em código.

Além disso, você pode integrar fluxos de trabalho codificados com atividades e fluxos de trabalho de pouco código e usar uma abordagem de automação híbrida. Isso permite combinar os benefícios da automação baseada em código com o design visual de componentes de pouco código.

Estrutura

As automações codificadas apresentam um design estruturado com namespaces , classes auxiliares e métodos de Entry Point. O framework de automações codificadas permite escrever as automações usando a linguagem de programação C#.

Siga a estrutura detalhada de uma automação codificada conforme descrito nas seções a seguir.

Ao criar uma automação codificada, um namespace é gerado automaticamente usando o nome do projeto do Studio. Por exemplo, se o seu projeto do Studio for denominado "Meu projeto", o namespace para todas as automações codificadas será "Meu projeto".

Além disso, se você criar uma automação codificada dentro de uma pasta no seu projeto do Studio, o namespace será o nome do projeto e o nome da pasta. Por exemplo, se o seu projeto do Studio se chamar "Meu projeto" e a pasta se chamar "local", o namespace será "Meuprojeto.local".

Tanto o fluxo de trabalho codificado quanto as automações de casos de teste codificados usam a classe parcial CodedWorkflow do pacote UiPath.CodedWorkflow. Esta classe dá à automação acesso às interfaces necessárias para serviços (iguais a pacotes de atividades), com base nos pacotes instalados em seu projeto.
Observação: o pacote UiPath.CodedWorkflows é incluído automaticamente quando você importa um pacote de atividades que suporta automações codificadas, como UiPath.System.Activities 23.10 ou superior.

CodedWorkflow

As automações codificadas herdam a classe parcial CodedWorkflow, criando uma relação do tipo CodedAutomationExample : CodedWorkflow. Isso significa que a classe CodedAutomationExample herda atributos, métodos e funcionalidade da classe CodedWorkflow. Essencialmente, ele pode acessar e utilizar as funcionalidades definidas na classe CodedWorkflow, o que fornece uma base para a automação codificada, tornando mais fácil criar e personalizar o comportamento da automação.
A classe CodedWorkflow é declarada como uma classe parcial, permitindo estender suas funcionalidades definindo a mesma classe parcial CodedWorkflow em um arquivo de código-fonte. Dessa forma, você pode adicionar novos campos e métodos para personalizar ainda mais o comportamento de suas automações codificadas. Você pode usar essa abordagem para implementar uma interface Antes e Depois, especificamente para casos de teste codificados.
Além disso, a classe parcial CodedWorkflow herda a classe CodedWorkflowBase.


CodedWorkflowBase

A classe CodedWorkflowBase contém as funcionalidades integradas que uma automação codificada herda. Esta classe contém métodos e propriedades específicas para gerenciar instâncias de fluxo de trabalho, acesso a runtime, manipulação de contêineres de serviço e configuração de contextos de ambiente. A classe CodedWorkflowBase também oferece outro método separado para registro de log que você mesmo pode personalizar.
Observação: nas configurações do editor de código, selecione Habilitar descompilação de origem para visualizar a classe CodedWorkflowBase.
Confira os métodos CodedWorkflowBase na tabela abaixo:
MétodoDescription
serviceContainer(ICodedWorkflowServiceContainer)Fornece acesso ao contêiner de injeção de dependência específico do fluxo de trabalho codificado atual. Esse contêiner, conhecido como contêiner de serviço, permite recuperar instâncias de serviços que foram registrados nele.
GetRunningJobInformation()Recupera informações sobre o trabalho atualmente em execução no contexto do fluxo de trabalho codificado. O método acessa a propriedade RunningJobInformation do objeto executorRuntime , que contém informações sobre status do trabalho, progresso, parâmetros e carimbos de data/hora.
Log(string message, LogLevel level = LogLevel.Info, IDictionary<string, object> additionalLogFields = null)Adiciona campos de log adicionais às mensagens de log com atributos especificados.
RunWorkflow(string workflowFilePath, IDictionary<string, object> inputArguments = null, TimeSpan? timeout = null, bool isolated = false, InvokeTargetSession targetSession = InvokeTargetSession.Current)Fornece uma estrutura para executar um fluxo de trabalho no contexto de um determinado runtime de fluxo de trabalho. Ele pode definir parâmetros, lidar com isolamento potencial e iniciar a execução do fluxo de trabalho. A tarefa retornada fornece os resultados do fluxo de trabalho executado, incluindo sua saída e seus argumentos de entrada/saída.
RunWorkflowAsync(string workflowFilePath, IDictionary<string, object> inputArguments = null, TimeSpan? timeout = null, bool isolated = false, InvokeTargetSession targetSession = InvokeTargetSession.Current)Fornece uma estrutura para executar um fluxo de trabalho de forma assíncrona no contexto do runtime do fluxo de trabalho dado. Ele pode definir parâmetros, lidar com isolamento potencial e iniciar a execução do fluxo de trabalho. A tarefa retornada fornece os resultados do fluxo de trabalho executado, incluindo sua saída e seus argumentos de entrada/saída.
DelayAsync(TimeSpan time) e DelayAsync(int delayMs)Suspende a execução por um período especificado de tempo de forma assíncrona.
Delay(TimeSpan time) e Delay(int delayMs)Suspende a execução por um período de tempo especificado.
HttpClient BuildClient(string scope = "Orchestrator", bool force = true)Cria um cliente HTTP com um escopo e um token de acesso especificados.
RegisterServices(ICodedWorkflowsServiceLocator serviceLocator)Registra serviços (pacotes de atividades) no localizador de serviços do fluxo de trabalho codificado. Você pode substituí-lo quando quiser injetar serviços personalizados no contêiner de injeção de dependência. Aprenda como criar e usar serviços personalizados (pacotes de atividades codificadas) aqui.
O método do Entry Point para fluxos de trabalho codificados e casos de teste codificados é nomeado Execute() e atribuído como Workflow ou TestCase. Você pode alterar o nome do método, desde que o atribua a Workflow ou a TestCase.
Você só pode usar um método Execute() ([TestCase] ou [Workflow]) dentro de um arquivo, que herda a classe Coded Workflow.

Neste método, você pode adicionar argumentos de entrada e/ou saída, que são equivalentes aos argumentos In, Out ou In/Out em automações de pouco código. Acesse o tutorial Trabalhando com argumentos de entrada e saída para aprender como usar argumentos em automações codificadas.

Esse método de Entry Point serve como o ponto de partida para a execução das automações. Isso torna os fluxos de trabalho codificados e os casos de teste fáceis de identificar como Entry Points devido ao seu método Execute().


Compatibilidade do projeto

Você pode usar automações codificadas somente em projetos do Windows e multiplataforma.

  • Estrutura
  • CodedWorkflow
  • CodedWorkflowBase
  • Compatibilidade do projeto
Ícone de suporte e serviços
Obtenha a ajuda que você precisa
Ícone do UiPath Academy
Aprendendo RPA - Cursos de automação
Ícone do Fórum do UiPath
Fórum da comunidade da Uipath
Logotipo branco da Uipath
Confiança e segurança
© 2005-2024 UiPath. All rights reserved.